Processando...
 
O que você considera importante para que pequenas empresas deem certo?
Os dirigentes devem ter muito claro o conceito de negócio da empresa, isso é, o empresário deve saber identificar claramente, quais necessidades e desejos levam os clientes a procurar os seus produtos e/ou serviços. Tendo claro o seu conceito de negócio, devem tratar de oferecer produtos e/ou serviços de qualidade, e que correspondam às expectativas dos clientes, devem, também, criar e manter uma boa rede de relacionamento com clientes, fornecedores e prestadores de serviços.
 
 
Na sua opinião, quais são os princípios que uma pequena empresa, iniciante, deve possuir?
As dificuldades gerenciais das pequenas empresas começam antes mesmo de abrirem as portas, pois quem cria uma empresa começa “abaixo de zero”. O zero é o ponto de equilíbrio, que é quando o total das receitas são iguais ao custo. Abaixo do ponto de equilíbrio, a empresa tem prejuízo, acima tem lucro. Muitos empresários iniciam o seu negócio enfrentando as dificuldades oriundas do fato de que terão que trabalhar com prejuízos, até que possam atingir o ponto de equilíbrio. E, muitas vezes, esse período pode se caracterizar como insuportável para as empresas recém-criadas, que acabam não conseguindo ultrapassar essas barreiras. Sendo assim, recomendo que uma empresa que está iniciando procure se orientar pelos seguintes princípios:
 
- Não endividamento: utilizar o máximo possível de capital próprio uma vez que entrar em financiamentos e pagar juros muitas vezes contribui para o fracasso das empresas. 
- Separação da pessoa física da jurídica: é habitual que o dono da empresa use o mesmo cartão de crédito/conta bancária para pagar suas despesas pessoais e as da empresa, o que gera a desorganização e a impossibilidade de se ter uma boa gestão financeira. Assim, com a separação da pessoa jurídica (da empresa), com a pessoa física (do proprietário), fica mais fácil ter uma gestão financeira eficiente.
- Não interferência das relações de parentesco: é comum ocorrer influências das relações de parentesco nas atribuições de cargos e tarefas. A criação de departamentos e atribuição de cargos executivos nas pequenas empresas ocorre mais em função das afinidades familiares do que das reais necessidades da empresa, o que certamente dificulta o seu desempenho.
 
 
Com o mercado em constante mudança, como as pequenas empresas podem se organizar/ planejar para sobreviver em tempos de crise?
As pequenas empresas atuam em um ambiente de mudanças rápidas e concorrência intensa, por isso, a improvisação e a informalidade devem ser substituídas pelo planejamento estratégico. Com a utilização do planejamento estratégico os dirigentes das empresas de pequeno porte poderão, mais facilmente, desempenhar as suas tarefas de tomada de decisão e de condução da empresa rumo ao futuro desejado.
 
 
Como as pequenas empresas podem lidar com a rápida modernização do mercado brasileiro e seus concorrentes?
Com a utilização do planejamento estratégico a empresa passará a conhecer melhor tanto os seus pontos fracos e pontos fortes (internos) assim como as ameaças e oportunidades externas, o que certamente facilitará a formulação de estratégias para lidar com a concorrência.
 
 
É possível ir de pequena à grande empresa no Brasil?
Qualquer empresa de pequeno porte pode ter como objetivo ser uma grande empresa no futuro, porém, para isso é necessário a utilização de um bom processo de planejamento estratégico.
 
 
Qual dica você daria aos seus leitores que desejam criar uma empresa de sucesso?
Para criar uma empresa de sucesso a preocupação inicial deverá ser a elaboração de um bom plano de negócios para fazer a análise da viabilidade. Com a elaboração de um plano de negócios, o empresário poderá conhecer melhor os caminhos que deverá trilhar para concretizar o seu objetivo de criar e manter uma empresa.