O seu portal de conhecimento
Telefone (21) 3278-8069

Introdução à Economia da Educação

Carlos Alberto Ramos

Edição: 1ª
Número de Páginas: 192
Formato: 17 x 24 cm

Em estoque

ISBN: 978-85-7608-924-7

 R$58.00

Categorias: , , Product ID: 2926

Descrição

Apreciar a educação conforme o conceito econômico é uma tendência que parece irreversível. Se historicamente a irradiação de conhecimentos e valores era assumida como, exclusivamente, intrínseca ao processo civilizatório, seus desdobramentos em termos de impactos sobre parâmetros econômicos (como crescimento) foi, paulatinamente, ocupando um espaço, hoje, preponderante.

Os objetivos das iniciativas na área da educação (tanto em termos quantitativos como qualitativos) são pautados pelos imperativos de desenvolvimento, competitividade etc. Os recursos públicos e privados, alocados ao âmbito educativo, são corriqueiramente avaliados em termos de eficiência/eficácia.

Se atualmente a educação é um parâmetro crucial para explicar o diferencial de renda entre nações e sua distribuição, a formação de um economista moderno não pode prescindir de uma familiarização com o prisma econômico dos processos educativos. Por outra parte, se a educação é assumida como um investimento que deve ser monitorado pelos seus retornos, os pedagogos/educadores não podem se isentar de incorporar critérios econômicos em seus arcabouços analíticos.

Justamente, esse é o público ao qual está destinado este livro. Sem requisitos prévios, como área acadêmica, o mesmo deve ser acolhido tal como um empreendimento capaz de transitar por diferentes espaços do saber. Possibilitando ao leitor a internalização de conceitos/categorias/olhares que viabilizarão o diálogo entre campos do conhecimento já não mais compartimentalizados.

Informação adicional

Peso 250 g
Dimensões 24 × 17 × 2 cm

Capítulo de Amostra

Download

Carlos Alberto Ramos

Carlos Alberto Ramos é graduado pela Universidade de Buenos Aires (UBA), mestre pela Universidade de Brasília (UnB) e doutor pela Universidade de Paris XIII (Paris-Nord). Em todos os casos, a área acadêmica foi Economia. Foi consultor em diversas organizações nacionais (IPEA, Ministério do Trabalho, CNI, Tribunal de Contas da União, SEBRAE) e internacionais (BID, CEPAL, PNUD, Banco Mundial, OIT, OEA, UNICEF, UNESCO).